As autoridades de saúde da cidade de Elizabeth deixaram de admitir novos utentes, depois que pelo menos 12 das 22 mortes recentes terem estado directamente ligadas ao surto de coronavírus e oito funcionários testarem positivo para o covid-19, disse o mayor Christian Bollwage. Outros 16 residentes também deram positivo, disse o mayor. Outros cinco ainda aguardam os resultados dos testes.
“É de partir o coração para todas essas famílias”, disse Bollwage. O Centro de Enfermagem e Reabilitação Elizabeth da Grove Street não respondeu a vários pedidos por telefone ou e-mails para a instalação ou seus pro- prietários para comentar o sucedido.