André Villas-Boas revelou que presidente do Marselha foi ameaçado de morte

166

O jornal francês ‘L’Équipe’ revelou ontem que o presidente do Marselha, Jacques-Henri Eyraud, recebeu uma mensagem nas redes sociais em que era ameaçado de morte.

O dirigente já apresentou queixa, segundo a mesma publicação.

Esta ameaça de morte incluía, segundo o jornal, a morada do presidente e surgiu como consequência directa das declarações de André Villas-Boas.

Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 6ª feira, 17 de Janeiro de 2020.