ENCERRADO HÁ UM MÊS, CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS DE DANBURY, CT COMEÇA A SENTIR EFEITOS DA CRISE

722

Por HENRIQUE MANO | Jornal LUSO-AMERICANO

As associações portuguesas nos Estados Unidos encerraram portas, na sua quase totalidade, face à crise provocada pela pandemia da COVID-19. Os efeitos da paralização económica do país começam a fazer-se, entretanto, sentir…

No Centro Cultural Português de Danbury, estado de Connecticut, uma obra majestosa que resultou da união do Portuguese-American Club e do Clube ‘Filhos de Portugal’ – considerada a mais bem apetrechada associação lusa nos EUA, a urgência do problema levou a sua direcção a tomar medidas.

FOTO: Jornal LUSO-AMERICANO
Aspecto do moderno Centro Cultural Português de Danbury, no estado norte-americano de Connecticut

Encerrado desde dia 16 de Março, o Centro tem apenas a funcionar o seu restaurante interior, o ‘Caravela’, em sistema de take-away – sendo essa, hoje, a sua única fonte de rendimento. As habituais iniciativas que geram capital para os cofres da agremiação ao longo do ano foram todas canceladas: o 80.º aniversário da Banda Filarmónica ‘Filhos de Portugal’, o jantar de aniversário do Centro, o torneio anual de golfe para o fundo imobiliário e até as comemorações do Dia de Portugal.

❝MESMO ENCERRADO COM O MÍNIMO DE SERVIÇOS, O NOSSO CENTRO TEM CONTAS PARA PAGAR NA ORDEM DOS MUITOS MILHARES DE DÓLARES❞

➫Victor Martins, presidente

Centro Cultural Português

“Mesmo encerrado com o mínimo de serviços, o nosso Centro tem contas para pagar na ordem dos muitos milhares de dólares”, afirma Victor Martins, presidente do Centro, em declarações ao jornal LUSO-AMERICANO. “Da electricidade ao cabo, das apólices de seguro aos alarmes, passando pela compra de produtos para manter o restaurante a funcionar.”

É assim que surge a ideia de se criar a campanha ‘Yes, We Need Your Help’, que solicita donativos em nome do Centro para que a sua situação financeira não se agrave. A meta: 50 mil dólares.

Para contribuir, tanto poderá enviar um donativo em cheque por correio para o C.C.P. como seguir este link e fazê-lo online [https://www.portugueseculturalcenter.org/donate]. “Quem quiser, também pode ligar e fazer o donativo ao telefone com o cartão de crédito. E são donativos deduzíveis nos impostos”, acrescenta Victor Martins.

O Centro, de acordo com o seu presidente, conseguiu junto da entidade bancária respectiva evitar o pagamento da hipoteca do edifício-sede durante a pandemia – mas fá-lo-á mais tarde com juros.

❝APELO A TODOS OS NOSSOS CERCA DE 600 SÓCIOS E À COMUNIDADE LUSA EM GERAL QUE AJUDEM❞

➫Victor Martins, presidente

Centro Cultural Português

“Apelo a todos os nossos cerca de 600 sócios e à comunidade lusa em geral que ajudem”, reforça Martins, que nasceu em Danbury filho de imigrantes transmontanos.

O líder associativo pretende sobretudo que o buraco financeiro do Centro não seja gigantesco, “quando tudo isto passar. Estamos a olhar mais à frente para evitar o pior. Creio que, mesmo depois do regresso à normalidade, muitos dos nossos sócios vão continuar a evitar grandes ajuntamentos durante algum tempo. Penso mesmo que nós, como responsáveis do Centro, vamos ter de tomar medidas nesse sentido em prol do bem de todos nós.”

PORTUGUESE CULTURAL CENTER

🔍Onde fica?

65 Sand Pit Road

Danbury, CT 06810

☎️(203) 748-1278

www.portugueseculturalcenter.org