Presépio do Natal de Joana Garcia Lourenço segundo a tradição açoriana

281

Para Joana Garcia Lourenço, a tradição em fazer um presépio já vem da sua avó, que a trouxe dos Açores ao emigrar para os Estados Unidos. Mais tarde a sua mãe, Mary Lu Lorenço deu continuidade a essa tradição. Agora é a neta que está a ensinar essa mesma tradição aos seus filhos.

O presépio é totalmente diferente do que a sua mãe fazia, porque é a Joana Lourenço que faz a roupa das imagens e improvisa, se o tiver que o fazer. Lembra-se que ela e as suas primas aprenderam sobre a cultura portuguesa através dos seus avós e então é ela e as suas primas que estão representa- das em todas as suas peças no seu presépio.

Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 6ª feira, 20 de Dezembro de 2019.