BETHLEHEM, PA | Clube Português reabre e já tem nov direcção

O Clube Português de Bethlehem, no estado norte-americano da Pensilvânia, ultrapassou a crise directiva que enfrentava nas últimas semanas (e que inclusive levou à interrupção das suas actividades), elegendo na passada quinta-feira, 3 de Fevereiro, os seus corpos gerentes para 2022.

“Resolvi aceitar novamente este desafio por me custar, sinceramente, ver o clube de portas encerradas”, afirma o novo presidente, já empossado, José Carlos, em declarações ao jornal LUSO-AMERICANO. “Faço-o pelos sócios desta casa e pela comunidade em geral. Ainda tenho este clube no meu coração e, se cada um de nós fizer a sua parte, as coisas tornam-se muito mais fáceis.”

Natural de Gafanha da Nazaré, José Carlos reside na Pensilvânia desde 1974 “e já frequentou o clube há mais de 40 anos”, nota. A sua contribuição para a agremiação é extensa, uma vez que foi leito presidente pela primeira vez em 1995, mas, por acumulação, já ocupou o cargo pelo período de dez anos. E agora está de regresso, substituindo no cargo Anna Viçoso.

O clube do 337 da Broadhead Street reabriu na passada sexta-feira, 4, e vai continuar a servir jantares às sextas com menu português.

A restante composição directiva ficou assim constituída: Mesa da Assembleia Geral – presidente Susie Magalhães, vice-presidente Alexandra Dias e secretária Angelina Dias. Conselho fiscal: presidente António Charlie Dias, vogais Ramiro Pereira e Manuel Cunha; Direcção – presidente José Carlos, 1.º vice-presidente João Madeira, 2.º vice-presidente Carlos Sousa, 1.ª secretária Dionísia Penas, 2.ª secretária Adrianna Dias, tesoureira Carrera Sarmento e ‘bar steward’ Adelino Penas.

Parabéns a todos e votos de bom trabalho.