Bom-dia com o Luso-Americano. Veja aqui os tópicos do dia (5/18).

376

Bom-dia com o Luso-Americano. Veja aqui os tópicos do dia.

Comunidade

1.     A cidade de Newark vai abrir amanhã dois centros de testes de COVID-19 no Ironbound. Um está localizado no parque de estacionamento da Ann Street School. É necessário marcação que pode ser feita pelo telefone 973-988-5511. O outro está localizado no Centro recreativo da Rome Street e também é necessário marcação que pode ser feita pelo telefone 862-257-0718. Ambos os centros estarão abertos das 9 da manhã às 3 da tarde, de terça a sábado.

2.     Estes fim-de-semana realizaram-se múltiplas campanhas de apoio aos mãos necessitados no Ironbound. Casa do Ribatejo, Casa de Tondela, Beira-Mar, Clube Açores e Dança na Eira foram alguns dos clubes envolvidos nas múltiplas operações de ajuda.

EUA

1.     As praias em Nova Iorque estarão encerradas no próximo fim-de-semana. Este final-de-semana registaram-se “multiplos abusos” com residentes a não obedecerem às regras de distanciamento social e a decisão está tomada. Em Nova Jérsia, o governador Murphy está debaixo de fogo cruzado. As linhas em Belmar, por exemplo para os chamados “Beach Pass” foram um mau exemplo e espera-se agora decisões.

2.     Os negócios não essências já podem abrir em Nova Jérsia, com muitas restrições. Barbeiros e salões de beleza continuam à espera

3.     O órgão de decisão da Organização Mundial da Saúde reúne-se a partir de hoje e na agenda está uma possível investigação à forma como a China reagiu ao surto de COVID-19.

4.     À medida que mais crianças sobrevivem a uma síndrome misteriosa ligada ao vírus, as suas experiências estão a ajudar os médicos a entender a situação.

5.     Anna Sauerbrey, escritora de opinião Berlim, escreve sobre as complicações da reabertura da sociedade e é elucidativa: “A saída é muito mais difícil do que a entrada”.

6.     A J.C. Penney, que pediu falência na sexta-feira, começará a fechar algumas de suas mais de 800 lojas em breve, o que pode criar grandes problemas para os shoppings que já estão com dificuldades.

7.     O presidente da reserva federal, Jerome Powell, confirmou o que todos pensamos: “Realmente não sabemos o tempo que a economia levará a recuperar”. O responsável espera um crescimento económico estável no segundo semestre do ano, excepto se a segunda onda do vírus acontecer, mas alertou que o retorno à força total provavelmente só acontecerá com uma vacina.

8.     O Japão, a terceira maior economia do mundo, entrou oficialmente em recessão (dois quartos consecutivos de crescimento negativo do PIB).

9.     Esta semana foram notórias as crescentes tensões EUA-China, numa altura em que múltiplos estados reabrem as suas economias.

10.  O Presidente chinês, Xi Jinping, anunciou hoje, na reunião anual da Organização Mundial da Saúde (OMS), que a China vai oferecer dois mil milhões de dólares em assistência aos países afetados pela pandemia da Covid-19, sobretudo aos mais pobres.

.

11.  O secretário-geral das Nações Unidas afirmou hoje que o mundo está a pagar o preço da falta de unidade na resposta à pandemia da covid-19 por causa dos países que ignoraram as recomendações da Organização Mundial da Saúde.

Portugal

1.     Portugal regista hoje 1.231 mortes relacionadas com a covid-19, mais 13 do que no domingo, e 29.209 infetados, mais 173, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela DGS.

2.     O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra registou, em cerca de dois meses, 70 mortes causadas pela pandemia da covid-19 entre mais de um milhar de infetados registados, disse à agência Lusa fonte hospitalar.

3.     O secretário-geral do PS considerou hoje que há um sentimento popular maioritário a favor da eventual reeleição do Presidente da República e adiantou que o seu partido definirá posição sobre presidenciais “se entender que o deve fazer”.

4.     O Sporting divulgou hoje uma redução em 30 por cento o salário dos sub-23 e da equipa feminina de futebol, de acordo com o pedido de prolongamento do ‘lay-off’, que comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

5.     O futebolista internacional português Gelson Martins deverá regressar aos relvados apenas a partir do final de novembro, depois de o comité executivo da Federação Francesa (FFF) congelar o tempo de contagem das suspensões.