🌎 COVID-19 FAZ MAIS UMA VÍTIMA LUSO-AMERICANA

696

Por HENRIQUE MANO | Jornal LUSO-AMERICANO

“Muito activo na comunidade portuguesa” é como o diário mais influente dos Estados Unidos, o ‘New York Times’, se refere a Peter S. Miguel, Jr. numa sua edição de domingo, onde preencheu toda a sua primeira página com nomes de vítimas de coronavírus.

A edição histórica do jornal fez a recolha de mil nomes de pessoas que sucumbiram à COVID-19 para assinalar a marca dos cem mil mortos, o maior número de fatalidades em todo o mundo em consequência do coronavírus.

Peter S. Miguel, Jr. (o segundo da dir.) com dois dos filhos e a esposa

Peter S. Miguel, Jr. tinha origens na ilha Terceira, Açores, e estava casado com uma imigrante da Graciosa, Mary Silva Miguel; era elemento activo na Sociedade do Divino Espírito Santo de Lowell, em Massachussetts, que, aliás, em sua homenagem, mantém a bandeira de Portugal na sua sede a meia haste.

O luso-descendente nasceu em Seekonk, MA, a 22 de Novembro de 1953 e faleceu dia 8 deste mês, na High Pointe Hospice House, em Haverhill, MA. Estava casado com Mary Silva Miguel, com quem em Novembro deveria comemorar 49 anos de vida conjugal.

Vivia à data da sua morte em Nashua, New Hampshire.

“Muito activo na comunidade portuguesa” é como o diário mais influente dos Estados Unidos, o ‘New York Times’, se refere a Peter S. Miguel, Jr. numa sua edição de domingo, onde preencheu toda a sua primeira página com nomes de vítimas de coronavírus

Era filho de Peter S. Miguel, Sr. e de Albertina Areias Miguel, já falecidos; esteve até aos 16 anos em Seekonk, nos arredores de Fall River, mudando-se então para Lowell, onde tinha primos.

Miguel, Jr. era mecânico e, para além de voluntário na Sociedade do DES, onde ajudava em várias funções, também frequentava a Igreja de St.º António. Nos seus tempos livres, de acordo com a notícia do seu falecimento, para além da convivência com a família, gostava de sessões de karaoke no restaurante português ‘IV Seasons’, em Lowell.

A Sociedade do DES de Lowell, MA, onde era muito activo, com a bandeira a meia-haste

“Era um homem incrível, que cumprimentava toda a gente com um grande sorriso, espalhando amor à sua volta”, escreveu a família Bernardo, dona do ‘IV Seasons’, no Facebook, em sua homenagem.