Por HENRIQUE MANO | Jornal LUSO-AMERICANO

Está em coma profundo desde a passada terça-feira, dia 16 de Junho, o jovem enfermeiro luso-americano Marco Branquinho, de Palm Coast, estado da Flórida. O profissional de saúde, que nasceu em New Jersey há 26 anos, é filho do primeiro vereador português eleito no estado da Flórida por força do voto popular, Eddie Branquinho.

De acordo com fonte familiar, Branquinho terá tido um episódio cardíaco durante um tratamento cirúrgico dentário em Palm Coast, depois de uma infecção num dente siso. Do consultório dentário acaba por ser transportado de ambulância para o Advent Health Hospital em Palm Coast, o mesmo onde é enfermeiro afecto ao bloco operatório desde que entrou no mercado de trabalho.

“O Marco é o melhor coração do mundo, amigo de todos, brincalhão e óptimo colega de trabalho”, descreve o pai, naturalmente arrasado com a situação

“Pedimos às pessoas que orem por ele e que tenham fé numa reversão do coma em que o Marco se encontra”, apela, em declarações ao LUSO-AMERICANO solicitadas pelo jornal, o vereador Eddie Branquinho, “para que ele volte depressa ao nosso convívio.”

Os pais do jovem enfermeiro dizem que a “chuva de amor” que a situação do filho tem provocado em Palm Coast “é extraordinária e é ela, com o poder de Deus, que nos tem sustentado nestes tempos.”

Na impossibilidade de o poderem visitar, dado as actuais circunstâncias de pandemia, amigos e colegas têm realizado vigílias à entrada do hospital onde Marco luta pela vida ligado a um ventilador.

“O Marco é o melhor coração do mundo, amigo de todos, brincalhão e óptimo colega de trabalho”, descreve o pai, naturalmente arrasado com a situação. “Não há colega que ainda não tenha ido à sua cama dar-lhe um beijo.”

A unidade hospitalar em Palm Coast, FL onde é enfermeiro no bloco operatório e onde agora luta pela vida ligado a um ventilador na unidade de cuidados intensivos

Outra característica do filho? “Um grande sportinguista”, acrescenta.

Eddie Branquinho é natural de Beja e a esposa Dina de Lagos (Algarve). Depois de ter feito o liceu no Flagler Palm Coast High School, em Palm Coast, Marco Branquinho avançou para o Daytona State College, na cidade de Daytona Beach, onde completou o programa de Enfermagem.

Marco Branquinho com os pais, Dina e Eddie Branquinho, imigrantes de Lagos e Beja

“Sempre soube que iria abraçar uma profissão onde pudesse estar em posição de poder ajudar os outros”, disse Marco Branquinho, em entrevista recente ao jornal LUSO-AMERICANO. “A carreira na área médica, por outro lado, sempre me atraiu. Ver as pessoas no seu pior e ser parte do processo de recuperação é algo extremamente gratificante.”

Desejamos rápida recuperação ao Marco.