ESTÃO ENCERRADOS OS DOIS HOTÉIS DO GRUPO ‘PESTANA’ NOS ESTADOS UNIDOS

331

Por HENRIQUE MANO | Jornal LUSO-AMERICANO

O maior grupo de hotelaria português e o 25.º da Europa, o ‘Pestana’, encerrou as suas duas unidades nos Estados Unido – face à situação provocada pela pandemia da COVID-19. Tanto o ‘Pestana Park Avenue’, em Nova Iorque, como o ‘Pestana South Beach’, em Miami, Flórida, estão temporariamente fechados.

“O hotel está encerrado e até pelo menos dia 28 de Maio”, adiantou José Carlos Fernandes, director-geral da unidade nova-iorquina, em declarações ao jornal LUSO-AMERICANO.

FOTO: Jornal LUSO-AMERICANO
“O hotel está encerrado e até pelo menos dia 28 de Maio”, adiantou José Carlos Fernandes, director-geral da unidade nova-iorquina, em declarações ao jornal LUSO-AMERICANO

O ‘Pestana Park Avenue’, localizado na 39.ª Rua entre a Park Avenue e a Madison Avenue, em Nova Iorque, começou a funcionar em finais de Fevereiro deste ano e representou um investimento de cerca de 30 milhões de dólares feito pelo grupo português.

A unidade da Flórida está localizada no 1817 da James Avenue, em South Beach

O ‘Pestana’ planeia ainda abrir uma segunda unidade em Manhattan, esta na zona ocidental da ilha, em parceria com o jogador Cristiano Ronaldo; o CR7 Pestana Times Square está praticamente pronto e tinha abertura prevista para o final deste ano.

A unidade da Flórida está localizada no 1817 da James Avenue, em South Beach.