LANÇAMENTO DA 1.ª PEDRA DE NOVA TORRE ENVIDRAÇADA EM NEWARK, NJ

Por HENRIQUE MANO | News Editor | Newark

A cerimónia do lançamento da 1.ª pedra do edifício 50-54 da Sussex Avenue, no Bairro Central de Newark, em New Jersey, decorreu quinta-feira, 8 de Setembro, com a participação de representantes dos diversos agentes envolvidos na obra. Entre as presenças no evento, contavam-se os proprietários do KS Group, os investidores Daniel Spiegel e Yehuda Kotkes, responsáveis pelo projecto imobiliário, o proprietário da firma responsável pela construção da torre envidraçada com 15 andares, Domenick Tonacchio, da Tona Development, o empreiteiro Tony Pereira, proprietário da Concrete Systems, e o arquitecto da INOA Architecture, que projectou o edifício.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | O empreiteiro Tony Pereira (à esq.) e Daniel Spiegel, do KS Group, na cerimónia do lançamento da 1.ª pedra do 50-54 da Sussex Avenue

As obras já decorrem no terreno junto à NJIT, “e neste momento estamos na fase de instalação dos alicerces, o que deve consumir uma média de 6 a 8 semanas até ao 1.º andar”, explica Tony Pereira, em declarações ao jornal LUSO-AMERICANO. “Temos toda a estrutura em concreto e ferro a nossa cargo, até ao 15.º andar.”

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | A nova torre com “toque português” já ergue do chão

A empresa luso-americana Concrete Systems, com sede no Ironbound, está sem mãos a medir e tem em andamento mais de 15 obras, em simultâneo. “Apenas em Newark, temos 5 obras de uma magnitude também bastante grande a decorrerem”, nota Pereira.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Tony Pereira inspecciona o desenrolar das obras

O empresário no ramo da construção civil lembra: “Já há muitos anos que acredito no potencial de Newark, que a cidade se ia tornar num terreno fértil para investir; esse processo demorou um bocado mais do que aquilo que pensava, mas sempre acreditei e, neste momento, Newark é um polo de atracção de investidores.”

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Outro aspecto da cerimónia

A deixar marcar em várias esquinas da cidade, a “Concrete Systems” é uma empresa de referência no sector. Para Tony Pereira, “é sempre um orgulho saber que eu e os meus trabalhadores – que estão comigo há muitos anos – somos parte deste ou daquele projecto e que, de alguma forma, estamos a contribuir para o desenvolvimento da cidade. Sabe bem.”

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANOP | A torre envidraçada vai ter 15 andares e mais de duas centenas de apartamentos

O edifício da Sussex vai ter 150 pés de altura e incluirá 203 “flats” para alugar, de T-0 a T-2, para além de dois mil pés de área comercial.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | O empresário Tony Pereira, proprietário da Concrete Systems: a empresa luso-americana do Ironbound tem 17 obras em andamento, incluindo a da Sussex Avenue

Leave a Reply

Your email address will not be published.