LUDLOW: Anunciada gala do Centenário do GRÉMIO LUSITANO

Depois de uma primeira celebração, em Junho, alusiva ao seu centenário, o Grémio Lusitano, sediado no município de Ludlow, no estado norte-americano de Massachusetts, vai voltar a assinalar os seus primeiros cem anos de vida e existência.

Assim, a direcção da colectividade decidiu marcar para dia 1 de Outubro a realização da Gala do Centenário, com início agendado para as seis horas da tarde.

A gala incluirá aperitivos, jantar, baile e entretenimento ao vivo.

Para marcação ou aquisição de ingressos, é favor contactar o Grémio Lusitano pelo número de telefone (413) 583-8398; a colectividade está localizada no número 385 da Winsor Street.

O actual presidente do Grémio é Celso Correia.O grande crescimento de Ludlow dá-se por altura das décadas de 20 e 30 do século passado, a acompanhar o ‘boom’ da Revolução Industrial; à margem do rio Chicopee, um complexo industrial – ‘Ludlow Manufacturing Co. – carecendo de mão-de-obra, acabaria por ser responsável pela vinda de muitos emigrantes portugueses para a região.

Reza a história que, em Fevereiro de 1922, José Romando Santos e um grupo de compatriotas já falavam na criação de um centro cultural que pudesse servir de ponto de acolhimento e recreação dos novos emigrantes. E é assim que, numa garagem do número 61 da Franklin Street, nascia o ‘Grémio Lusitano’, que, com os tempos, se tornaria na imponente presença de hoje. E que iria ter José Romano Santos, precisamente, como primeiro presidente da direcção.

Em Abril de 1924, o ‘Grémio Lusitano’ estabelecia-se oficialmente no número 385 da Winsor Street, com o “objectivo de promover o carácter recreativo, cívico e cultural portugueses” em Ludlow, MA.

No início da década de 1950, um incêndio danificou a sede do ‘Grémio’, que acabaria por ser restaurada. Ao longo dos

anos, foram-se adquirindo propriedades adjacentes e, em 1971,  o ‘Grémio’ faria obras profundas, tornando as sua sede num edifício imponente.

No ano 2000, faria extensas renovações, criando uma área nova que daria à moderna sede social o aspecto de hoje.

Leave a Reply

Your email address will not be published.