“Mais uma vez o apoio dos luso- americanos está na linha da frente na ajuda a Moçambique”

394

“Sugiro que os donativos sejam entregues à Unicef, Cruz Vermelha e Caritas”

Maria Amélia Paiva, ex- cônsul geral de Portugal em Newark e actual embaixadora de Portugal em Moçambique referiu ao Luso Americano que “a melhor maneira de a comunidade Portuguesa ajudar na catastrófica situação em Moçambique depois do ciclone Idai é através da canalização de contribuições financeiras por organizações como a Caritas, a Unicef ou a Cruz Vermelha”.

A embaixadora mostrou- se sensibilizada pelo apoio já expressado pela comunidade portuguesa nos Estados Unidos e referiu: “Nesta fase e sendo fantástico saber da onda de solidariedade no seio da comunidade portuguesa nos Estados Unidos, será fundamental que essas contribuições financeiras sejam canalizadas através das organizações mencionadas”, isto devido a múltiplos possíveis problemas relacionados com logísticas e para garantir também a correcta canalização dos mesmos.

• Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 4ª feira, 10 de Abril de 2019.