MÚSICA | Nasceu em Timor, cresceu em Oeiras e é cantora nos EUA

580

É por laços de sangue que a cantora Sónia Bettencourt, de Massachusetts, está ligada a um dos mais importantes guitarristas das últimas décadas no panorama da música rock – Nuno Bettencourt. O consagrado elemento da banda ‘Extreme’, que já tocou para Rihana, Paul McCartney, Janet Jackson, Robert Palmer e Dweezil Zappa, é irmão da mãe de Sónia, sendo a cantora, portanto, sua sobrinha. No entanto, é pelos seus próprios passos que a intérprete tem trilhado caminho na música, apostando na versatilidade e virando-se – ao contrário do tio – para uma audiência mais luso-americana.
“Nunca pensei realmente em gravar nada com ele”, afirma a intérprete,
dando uma gargalhada, em entrevista  exclusiva  ao  jornal LA.
“Cantamos quando estamos juntos em família, porque só nos vemos duas
vezes por ano – no Natal e no Dia de Acção de Graças. O meu tio passa
a vida em Los Angeles, que é onde vive e trabalha, e é difícil
encontrar-mo-nos sem ser nessas ocasiões – ele está sempre tão ocupado.”

• Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 6ª feira, 22 de Março de 2019.