NEWARK: 45 anos de Dia de Portugal condensados em livro – um registo fotográfico para a posteridade

Por HENRIQUE MANO | News Editor | Newark

O livro “Dia de Portugal em Newark – 45 anos de (muita) vida | 1977-2022” teve lançamento dia 20 de Julho, a uma quarta-feira, no salão nobre da Casa do Minho, no Ironbound. A cerimónia contou com a presença do coordenador da obra, o ainda (à altura) cônsul-geral de Portugal em Newark, Pedro Monteiro, do presidente da colectividade anfitriã, Rui Silva, do proprietário do jornal LUSO-AMERICANO, António Matinho (um dos fundadores das comemorações do 10 de Junho na cidade) e esposa, Natalie Matinho, do presidente do IBID, Manny Lopes, de Maria Coutinho, presidente da Fundação Bernardino Coutinho (a entidade que comandou os festejos nos seus anos de glória), da presidente do PALCUS e deputada da Diáspora Açoriana Katherine Soares, da ex-deputada de Emigração à Assembleia da República pelo Círculo Fora da Europa, Maria João Ávila, dos artistas plásticos portugueses João Martins e Fernando Silva e outros.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Exemplares do livro ‘Dia de Portugal em Newark – 45 anos de (muita) vida | 1977-2022’ na cerimónia de lançamento

Mencione-se ainda, à parte Maria Coutinho, a presença de três outros elementos ligados à família Coutinho: o ex-deputado Albert Coutinho, agora assessor na área financeira, Helena Coutinho Gonçalves e Donald Gonçalves.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Pedro Monteiro, 2.º da direita, com elementos directivos da Casa do Minho de Newark, onde se fez o lançamento da obra: da esquerda, o vice-presidente Vítor Matos, o presidente Rui Silva e o tesoureiro Mike Silva

O livro, que se assume “memória fotográfica da maior celebração do 10 de Junho no mundo”, foi uma edição do Consulado-Geral de Portugal em Newark possível graças ao apoio do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e do IBID (Ironbound Business Improvement District).

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Uma das fotografias do jornal LUSO-AMERICANO incluídas na obra

“Para nós foi um orgulho ter podido acolher aqui o lançamento deste livro, uma vez que a Casa do Minho existe para isso mesmo – para receber as pessoas, a comunidade, e ajudar naquilo que puder”, afirma o presidente da colectividade anfitriã, Rui Silva, falando ao jornal LUSO-AMERICANO.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Elementos da direcção do Sport Club Português com Pedro Monteiro: Albert Coutinho, Carlos Nobre, Pedro Monteiro, Carlos Couto e João S. Martins

O dirigente associativo lembra ainda que a Casa do Minho, desde a sua fundação há 35 anos, que “marcou sempre presença na parada do 10 de Junho, tanto através do nosso rancho folclórico, como maias recentemente também com o grupo de bombos ‘Os Rouxinóis’”.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | O cônsul-geral Pedro Monteiro, coordenador do projecto cultural, autografando exemplares do livro

Ao apresentar o livro, e depois de ter autografado vários exemplares, Pedro Monteiro agradeceu a colaboração dos vários fotógrafos que contribuíram para o livro, sublinhando a importância de que fique para a posteridade um documento de recolha sobre ops anos dourados do Dia de Portugal em Newark.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Pedro Monteiro com o autor e tradutor Hugo dos Santos, que colabora com o livro

“Dia de Portugal em Newark” inclui ainda um artigo a contextualizar o evento, uma mensagem de Maria Coutinho, presidente da Fundação Bernardino Coutinho, e um texto assinado pelo autor/tradutor português Hugo dos Santos, intitulado “uma comunidade imigrante celebra a sua herança na Ferry Street.”

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Pedro Monteiro com membros da família Coutinho, cuja contribuição para a causa do 10 de Junho é incontornável: Albert Coutinho, Pedro Monteiro, Maria Coutinho, Helena Coutinho Gonçalves e Donald Gonçalves

Destaque ainda para uma entrevista ao comerciante Manny Lopes, presidente do IBID e observador atento de todas as edições do Dia de Portugal na Ferry – efectuada pelo jornalista Henrique Mano, news editor do bissemanário LUSO-AMERICANO.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Katherine Soares, presidente do PALCUS, Pedro Monteiro, Maria João Ávila, Maria Isabel e Vítor Soares

Para Albert Coutinho, filho do falecido comendador Bernardino Coutinho, figura incontornável ligada à comunidade de New Jersey, “é realmente importante que fique este registo desse período da nossa história. À nossa família, dá-nos um certo orgulho olhar para trás para momentos de tanta felicidade que ajudaram, sem dúvida, a estabelecer a comunidade portuguesa de New Jersey.”

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Pedro Monteiro cumprimenta Manny Lopes, presidente do IBID – uma das entidades que apoiou a publicação do livro

O ex-deputado estadual acrescenta que a obra agora publicada tem ainda a função “de nos fazer reflectir sobre o que é o presente e o que vai ser o futuro das comemorações do 10 de Junho em Newark, dando-nos força para pensar sobre o que deve ser feito. Não diria que será possível v voltar aos moldes de outrora (até porque a realidade comunitária hoje é outra), mas trabalhar para que os festejos voltem a ser um esforço colectivo de todas as forças comunitárias, a beneficiar a comunidade.”

 Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | João S. Martins, Ivone Martins, Pedro Monteiro e Fernando Silva

Pedro Monteiro, ao intervir na sessão de lançamento do livro, explicou ter optado por dividir a obra por temas, apresentados alfabeticamente e indo de regiões de Portugal (Açores, Aveiro, Murtosa, etc.), a bandas filarmónicas, bandeiras, clubes desportivos, associações e um largo etecétera.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | O artista plástico Fernando Silva na oferta de um quadro a Pedro Monteiro, que cessou funções de cônsul-geral em Newark

O jantar servido na ocasião foi oferta do restaurante ‘Portugália’.

Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | O presidente da Casa do Minho, Rui Silva, a entidade que acolheu o evento, e o cônsul-geral Pedro Monteiro
Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Uma das fotografias do jornal LUSO-AMERICANO incluídas na obra
Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Uma das fotografias do jornal LUSO-AMERICANO incluídas na obra
Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | António Matinho, proprietário do jornal LUSO-AMERICANO e um dos fundadores dos festejos do 10 de Junho em Newark, Natalie Matinho, cônsul-geral Pedro Monteiro e presidente Rui Silva, da Casa do Minho
Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Rui Silva, Manny Lopes, Pedro Monteiro, Vítor Matos e Mike Silva
Foto: JORNAL LUSO-AMERICANO | Donald Gonçalves e Albert Coutinho folheando o livro

Leave a Reply

Your email address will not be published.