Todos os residentes nos Estados Unidos são chamados por lei a responder ao Census’20

252

■ O que é o 2020 U.S. Census?

A partir do dia 12, todos os lares nos Estados Unidos vão receber uma carta com instruções para responderem ao formulário do Census online. O Census é organizado pelo governo federal, tal como estipula a Constituição do país, devendo abranger toda e qualquer pessoa a residir nos EUA. Realiza-se de década em década desde 1790. Todas as pessoas que a 1 de Abril residam no país – cidadãos, residentes permanentes ou indocumentados – devem preencher o formulário.

■ Porque é que o Census é importante?

É através do Census que se fazem todas as estatísticas populacionais dos EUA são elaboradas. Esta informação é utilizada das mais diversas formas, mas sobretudo para determinar:

1) Que regiões do país recebam a fatia justa do bolo orçamental federal anual de 675 mil milhões de dólares – para utilização em escolas, hospitais, estradas e outras infra-estruturas;

2) Que investimentos devem ser feitos no que toca à construção de fábricas, escritórios, lojas e, consequentemente, criação de postos de trabalho;
3) Quantas novas habitações devem ser construídas e que bairros devem ser revitalizados;
4) Que as autoridades locais utilizem fundos em áreas como a segurança pública e prontidão às emergências;
5) O delinear dos distritos eleitorais que determinam quantos congressistas deverá ter cada estado na Câmara dos Representantes.

“O que sucede quando as pessoas não preenchem o formulário do Census? As vilas e cidades onde vivem não terão os fundos necessários correspondentes à sua real população, o que até poderá provocar o aumento de impostos”, nota Marie R. Fraley, directora do ‘Make Portuguese Count’.

Fraley vai mais longe: “Os estados vão perder ou ganhar congressistas, portanto, ganhar ou perder representação, em conformidade com a informação que sair do Census. Rhode Island, por exemplo”, refere, “está em perigo de perder um dos seus dois congressistas porque muitos dos seus residentes estão a mudar para outros estados.”

■ O que é a campanha Make Portuguese Count?

O PALCUS (Portuguese-American Leadership Council of the United States), uma organização de carácter nacional que há 29 anos defende os interesses de Portugal e dos luso-descendentes nos EUA, associou-se ao U.S. Census Bureau para a criação desta campanha que já criou uma rede nacional que está a mobilizar as maiores comunidades portuguesas no sentido não só de incentivar à participação no Census.

A campanha está a ser coordenada por Marie Fraley, que está em contacto com os 50 estados e Porto Rico com vista a chegar a todas as comunidades portuguesas, levan- do-lhes informações sobre o Census. Já registados, estão 233 clubes, associações, igrejas, bandas, escolas comunitárias e ranchos – entre outros, espalhados pelo país.

Os 76 ‘capitães’ já designados estão a trabalhar nas suas respectivas áreas para que TODOS OS PORTUGUESES se identifiquem como tal ao preencherem o formulário.